Ford Ka GL 1.0 2003
Ele assume o posto de veículo de entrada da montadora.

 

 

reportagem, fotos e testes realizados por Mark S., Editor de Testes FordHP

Após o último reposicionamento da linha Ka/Fiesta, onde o Fiesta 3 portas foi descontinuado e o Ka teve seu preço reduzido, o Ford Ka passou a ser o veículo de entrada da linha Ford. Idealizado para os centros urbanos, o Ka impressiona por suas dimensões reduzidas e seu estilo nada convencional.

Confira no teste abaixo, todos os detalhes do pequeno 'karrinho' da Ford.

Exterior:

Sem dúvida o ponto mais polêmico do Ford Ka. Lançado no Brasil em 1997, o carro é o primeiro representante da linha de estilo que a Ford batizou como 'New Edge Design'. Suas linhas agressivas o tiram do lugar comum, e mesmo com tantos anos de mercado, o Ka ainda chama atenção por onde passa.

Em 2003, o carro recebeu sua primeira mudança de visual. Na frente, a antiga grade oval deu lugar a uma trapezoidal muito mais agressiva e bonita. Os piscas integrados deixaram o laranja e ficaram brancos. Olhando de lado, apenas as calotas mudaram. 


nova frente

novas calotas

nova traseira

A traseira do veículo ganhou as seguintes modificações: 
- Placa de identificação foi movida do pára-choque para a tampa do porta malas
- Novo para-choque.
- Lanternas ficaram verticais e agora são de lentes transparentes.
- O vidro traseiro recebeu novo corte.

Pelos números crescentes de venda do Ka, pode-se verificar que as mudanças surtiram efeito e foram bem aceitas pelo mercado. 

Interior:

Aqui moram os principais detalhes e diferenciais do Ford Ka. Homologado para somente 4 passageiros, o 'pequeno' da Ford corre em desvantagem contra seus concorrentes... mas quem procura estilo, charme e exclusividade, se encontra no Ford Ka.

Na frente, o carro é muito espaçoso, superior até ao seu primo maior, o Fiesta Street. Atrás, o espaço é pequeno para 3 pessoas, mas como o carro é homologado para 4 passageiros somente, o espaço atrás é ótimo! Só fica um pouco apertado caso os passageiros da frente recuem por inteiro os seus bancos. Vamos agora comentar os detalhes internos do carrinho:

Painel e console:


- O painel é compacto e traz somente as informações essenciais. (Velocidade e nível do combustível) A iluminação é de bom gosto e permite boa visualização a noite.
- O Console é de bom material e seus comandos estão sempre a mão. A ergonomia foi fator de desenvolvimento em cada detalhe.
- Destacamos aqui o ar quente como ítem de série e o charmoso porta-luvas com tampa escamoteável..

Espaço Interno:

Como já dissemos, o Ford Ka é homologado para somente 4 passageiros. Os da frente, viajam com bastante conforto, usufruindo-se do painel recuado e dos bancos com bom apoios para coxas e costas. 

Atrás, os passageiros contam com um ótimo espaço para cabeça e ombros, mas caso os ocupantes da frente sejam muito altos, o espaço para as pernas de quem vai atrás fica muito comprometido, a ponto de inviabilizar a ocupação dos passageiros de trás.

Ergonomia:

O Ford Ka tem ótima ergonomia. O motorista dirige em posição normal, com comandos bem a mão. Os pedais estão centralizados em relação ao motorista e a alavanca de câmbio tem altura adequada e com engates curtos e precisos. O senão fica pelos cintos de seguraça traseiros que não são auto-retráteis e os dianteiros que não tem regulagem de altura na coluna. A curiosidade fica pelo conjunto haste-pedal tanto de embreagem quanto de aceleração, constituídos em peça única de plástico.

Conforto:

Por se tratar de um modelo básico, não se pode esperar muitos ítens de conforto do carro. Mas ele surpreende e traz ítens como vidros traseiros basculantes, banco traseiro bipartido 50/50 e ar quente. O acabamento é de boa qualidade, com revestimento de tecido nas portas. Para os passageiros de trás, o veículo oferece porta copos na lateral dos bancos e um grande porta-objetos na lateral direita do veículo (macaco e manual do veículo ficam guardados lá).

O volante tem pega mediana e da a impressão de estar fora de centro.

A suspensão é muito bem acertada para uma tocada esportiva. Perder o controle no Ford Ka é uma tarefa difícil de ser realizada. O nível de ruído é satisfatório, mas a isolação de ruídos do motor para a cabine poderia ser melhor. 

Porta-Malas:

Pequeno mas bem projetado. Sem cantos vivos e conta com o privilégio de não precisar ser esvaziado para a retirada do estepe, já que este fica sob o veículo. Fica devendo carpete nas laterais.

                   

Segurança:

O Ka Gl 2003 traz somente os seguintes ítens de segurança: barras de proteção laterais, cintos traseiros fixos de três pontos, limpador/lavador/desembaçador do vidro traseiro e áreas de deformação programáveis. Fica devendo brake-light, imobilizador anti-furto e encostos de cabeça traseiros. Como ítens de segurança ativa opcionais deve bolsas infláveis e freios ABS.

Onde estão os 20cm???

Por curiosidade, nós da Fiesta HP decidimos comparar o comprimento entre o Ford Fiesta Street (3,823m) e o Ford Ka (3,624m), e na foto, os 20 cm de diferença entre os carros parecem bem menores.

Mas por menor que seja a diferença, ela pode ser o suficiente para o carro caber ou não em uma vaga ou entre encostar ou não nos carros para sair de uma baliza.

Notas do Editor:

Excelente veículo, muito prático. Preenche todas as necessidades para o uso urbano. O desempenho foi dentro do esperado, e o consumo infelizmente não pode ser medido. Apesar de ser pobre em seus ítens, quando comparado aos seus concorrentes, ele leva vantagem.

 

 

Avaliações FORD HP - Início

www.fordhp.com.br